Depois de meses de gestação chegou o tão sonhado dia: hora de finalmente conhecer o rostinho do seu filho (a)!

Obviamente, esse momento será repleto de muita emoção. Para garantir que você não perca nada e possa relembrar cada detalhe sempre que quiser, o ideal é contratar um profissional para registrar o nascimento do seu pequeno (a).

Autorização para fotografar parto: o que você precisa saber sobre isso?

Mas será que é preciso solicitar junto ao hospital autorização para fotografar parto? A resposta é sim! Por isso, para evitar qualquer transtorno no dia, é fundamental que você converse antes com o seu médico (a) e com a maternidade onde terá o seu bebê.

Por que isso é necessário? São várias as razões. Confira, agora, todos os motivos e garanta que esse momento seja ainda mais especial!

Por que é preciso autorização para fotografar parto?

A autorização para fotografar parto se faz necessária por inúmeros motivos. Um deles diz respeito à quantidade de pessoas que estarão presentes no local.

Quando se faz fotografia de parto é preciso lembrar que não apenas a mãe e um médico estarão no ambiente. Com eles, toda uma equipe ocupará o espaço para dar a assistência que for necessária naquele momento.

Por isso, o hospital precisa saber quem são as pessoas que estarão na sala de parto além da sua equipe médica e do acompanhante direto da gestante.

Esse princípio leva a outra questão que justifica a necessidade de autorização para fotografar parto: a segurança.

Um número elevado de pessoas na sala, dependendo do porte do hospital, pode comprometer o procedimento e, dependendo da evolução do parto, dificultar a assistência tanto para a mamãe quanto para o bebê.

Além disso, ter um registro e dados de quem está circulando no local é fundamental para manter a segurança de todas as outras pessoas que estão lá.

Por fim, a autorização para fotografar parto também é necessária por questões de saúde. Infelizmente, sabemos que acontecem gestações com alguns probleminhas que requerem atenção especial na hora do parto.

Dependendo da situação, a presença de mais pessoas na sala pode dificultar o procedimento. Somado a isso, se o bebê requerer suporte imediato após o seu nascimento, as fotos naquele momento podem não ser muito adequadas.

Por tudo isso, antes de contratar esse tipo de serviço, é tão importante conversar com o seu médico (a) e verificar também se há limitações impostas pelo hospital.

Dica extra: obviamente, se planeja fazer o seu parto em casa (parto domiciliar) não vai precisar de autorização. Porém, isso não a libera da necessidade de conversar com o profissional que vai lhe auxiliar (parteira ou enfermeira obstétrica) e verificar se há algum impedimento quanto a presença do fotógrafo (a).

Onde conseguir autorização para fotografar parto?

A autorização para fotografar parto deve ser solicitada junto ao hospital onde você terá o seu bebê. As maternidades costumam ter modelos próprios de formulários que contemplam todos os dados que precisam para liberar a entrada do profissional.

Vale lembrar também que algumas instituições costumam cobrar a chamada “taxa da maternidade”.

Consiste em um valor referente ao fornecimento de roupas estéreis (pijama hospitalar, touca, propé, máscara), que são itens imprescindíveis para serem usados em procedimentos médicos como esse.

Mas fique despreocupada! Todos os fotógrafos sabem disso e costumam inserir a taxa no valor final do serviço, a fim de que você não precise cuidar de mais esse detalhe.

Quanto tempo antes você deve solicitar a autorização para fotografar parto?

Nossa dica é, tão logo escolha o hospital, já verifique a questão da autorização para fotografar parto. Sabendo quais são as exigências do local, fica ainda mais fácil alinhar o serviço com o fotógrafo (a).

Esse profissional, por sua vez, deve ser contratado até a 34ª semana de gestação, não mais do que esse tempo.

Nesse post, tentei esclarecer a você a importância da autorização para fotografar parto e quem sem ele, nós fotógrafos não poderemos registrar esse momento tão lindo que é a chegada do seu bebê.

E depois da fotografia de parto, quais outros registros podem ser feitos? Bem, são várias as opções! Nos artigos abaixo você confere detalhes de cada uma delas!

Fresh 48: entenda TUDO sobre esse ensaio fotográfico
Ensaio Newborn: TUDO o que você precisa saber antes de fazer do seu bebê
Smash the Cake: o que é, os cuidados, dicas de onde e quando fazer!
A partir de qual idade é possível fazer o Smash the Cake?

Solicite aqui um orçamento e guarde para sempre esse momento memorável!

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários logo abaixo que entramos em contato com você!

E não esqueça, se achou essas dicas válidas, compartilhe em suas redes sociais.

Obrigada e até breve!

Subscribe & Receive A Free eBook

Responsive innovate grok latte disrupt intuitive actionable insight SpaceTeam grok. Human-centered design Steve Jobs.

Thank you for your message. It has been sent.
There was an error trying to send your message. Please try again later.

We do not spam. You can unsubscribe anytime.